Modalidades de Formação
Medida Vida Ativa 

Vida Ativa - Formar e Integrar Emprego Qualificado

NOVO! Já foi publicado o Regulamento Específico da Medida Vida Ativa. Pode consultá-lo acedendo a este link.

Informa-se que para o ano de 2013, as Delegações Regionais do IEFP estabelecem Acordos de Cooperação com as entidades formadoras (estabelecimentos de educação e formação públicos ou privados ou outras entidades formadoras certificadas) para o desenvolvimento da formação, nos termos do Anexo 2 do Regulamento Específico desta Medida, não havendo lugar à abertura de período de candidatura.

Objetivos

A medida VIDA ATIVA consiste numa resposta de qualificação que visa:

  • Proceder ao ajustamento entre os Planos Pessoais de Emprego (PPE) e o potencial e necessidades individuais de cada candidato, para a melhoria da sua empregabilidade;
  • Potenciar o regresso ao mercado de trabalho de desempregados, através de uma rápida integração em ações de formação de curta duração, que permitam a aquisição de competências relevantes, ou a valorização das competências já detidas, possibilitando, sempre, a continuidade do percurso de qualificação.

Destinatários

Desempregados, jovens ou adultos, subsidiados ou não, registados nos Centros de Emprego do IEFP, I.P., independentemente das habilitações escolares, tendo como prioridade:

  • Os subsidiados, inscritos há mais de 6 meses que não concluíram o 9.º ano de escolaridade;
  • Os pertencentes a agregados familiares em que ambos os membros se encontrem desempregados;
  • Os desempregados de agregados monoparentais.

Desempregados inscritos nos Centros de Emprego do IEFP

Tipologias de resposta

De forma a responder às necessidades destes candidatos, a medida VIDA ATIVA, organiza-se em:

  • Ações de formação modular certificada – entre 25 e 300 horas – com base em Unidades de Formação de Curta Duração do Catálogo Nacional de Qualificações, que podem ser complementadas com formação prática em contexto de trabalho (3 a 6 meses);

e/ou

  • Processos de reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC) – de natureza dual (profissional e, complementarmente, escolar), desenvolvidos com o apoio de profissionais especializados, permitindo a possibilidade de reconhecer, validar e certificar as competências adquiridas ao longo da vida, em diferentes contextos.

Tempos de resposta

Tempos de Resposta

Certificação

Às UFCD concluídas com sucesso e/ou aos processos de RVCC realizados, é atribuída a certificação estabelecida no âmbito do Sistema Nacional de Qualificações (SNQ).

Documentação de suporte

Legislação

Entidades formadoras

Centros de emprego e formação profissional do IEFP, I.P.

Centros de formação profissional de gestão participada

Entidades formadoras certificadas